Quais são os carros mais caros para se manter? Veja lista atualizada!

O Brasil é m dos países mais caros quando o assunto é ser proprietário de um veículo, isto porque, eistem, além das condições de compra, alguns tributos anuais que encarecem essa posse.

Veja a seguir quais são os carros mais caros para se manter no país:

Volkswagen Virtus

O Virtus é um dos modelos mais populares da Volkswagen e quem tinha esse modelo na lista de desejos, deve saber que o carro ficou um pouco mais caro no mercado.

Certamente, também existem mudanças que foram aprimoradas no veiculo que valem as variações de ate R$3 mil a mais pelo modelo.

O modelo 1.6 MSI de câmbio manual está custando em torno de R$ 91.850. Mas além de desembolsar esse valor para se tornar proprietário do veículo, o comprador ainda terá que arcar com o IPVA anual do veículo.

No Rio Grande do Sul,, por exemplo, os proprietários do Virtus terão de pagar 3% do valor original do modelo para cumprir com o IPVA 2022 RS.

E para quem mora em São Paulo, esta taxa é ainda maior, chegando a 4% do valor original do veículo a serem cumpridos todos os anos pelos proprietários, como é possível conferir IPVA 2022 SP.

Honda HR-V

A Honda também possui um dos modelos mais caros de se manter no pais o Honda HR-V que está custando cerca de R$ 138.000.

O Imposto do veículo também representa um percentual significativo, podendo chegar a mais de R$ 5 mil. O mesmo é dito para o contrato de seguro do veículo que também supera essa faixa dos R$ 5 mil.

Hynudai Creta

A nova geração do Hyundai entra para lista dos carros mais caros de se manter no pais ultimamente, representando a marca nesta categoria.

O Creta é um dos SUV’s que mais foi aprimorado nos últimos tempo e dispõe de bastante espaço para os passageiros, tanto no banco da frente quanto no banco de tráss.

Entretanto, quem estiver disposto a abraçar todas as facilidades e tecnologias do modelo, precisa estar ciente que este não é um dos carros mais econômicos do mercado.

A versão Turbo do veiculo está custando mais de R$ 140 mil no mercado e também possui peças de valor alto, em caso de necessidade de troca. Uma revisão do carro, por exemplo, custará no minímo R$ 4 mil para o proprietário.

Além disso, o IPVA do veículo, ainda que com as variações de percentual de um estado para o outro, não custa menos de R$ 5 mil.